[ARENA] Sandro Resende • Marum Nascimento • Peças Arqueológicas • Artes Visuais - Universidade do Algarve

Edgar Massul edmac mac.com
Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2015 - 19:16:59 WEST



Ruínas de Milreu

trabalhos de Sandro Resende, Marum Nascimento e Peças Arqueológicas FCHS/UALg



RUINAS 
Sandro Resende 
Marum Nascimento 
Peças Arqueológicas FCHS/UALg 
19 de setembro de 2015 - 30 de Janeiro de 2016
September 19, 2015 - January 30, 2016
inauguração | opening: 
sábado, 19 de setembro, 18h
saturday, September 19, 6pm
Ruínas de Milreu
Estoi 
8000 Faro
Portugal
Terça-feira a Domingo 9:30h às 13:00h / 14:00h às 18:30h
Tuesday - Sunday 9:30am - 1pm / 2pm - 6:30pm
Telf.: 289 997 823
http://www.cultalg.pt

“RUÍNAS” é a primeira de uma série de exposições resultantes do Protocolo entre a Universidade do Algarve e a Direção Regional de Cultura do Algarve, através do qual se pretende valorizar os monumentos e a arte contemporânea, em combinações que se esperam tão profícuas quanto inusitadas. 

Nesta exposição, aquilo que se pretende é sublinhar o conceito e a matéria das ruínas, quando aliados à criação contemporânea. Para tal se convidaram dois artistas, cujas obras, em abordagens distintas, tratam o mesmo tema. 

Nas fotografias de Sandro Resende, as ruínas contemporâneas devolvem ao espectador a imagem de casas e outros espaços em estado de degradação. São as marcas de um presente que de imediato se esboroa, no decair permanente e acelerado que a atual vivência humana se impõe. 

Marum Nascimento, jovem artista licenciado em Artes Visuais pela UAlg, vê e mostra a ruína não só enquanto testemunho, mas como herança e património coletivo: trabalha a partir de peças da coleção de arqueologia da FCHS, também expostas. A mostra arqueológica, organizada sob a curadoria de João Bernardes, resulta de escavações em ruínas das épocas romana e islâmica, de vários pontos do Algarve e com diferentes funções. Desde colmeias romanas ou ânforas para transporte de preparados de peixe do século IV, até recipientes de armazenamento e de cozinha islâmicos dos séculos XI ou XII, o que se expõe mais não é do que fragmentos de quotidianos remotos, inseridos num espaço que os viveu. 

A inauguração da exposição integra um sarau em que Ana Isabel Soares lerá poemas que selecionou, alusivos ao tema das RUÍNAS. 

imagens Sandro Resende
imagens Marum Nascimento
imagens Peças Arqueológicas FCHS/UALg
PARCEIROS INSTITUCIONAIS | INSTITUTIONAL PARTNERS 



Campus Gambelas, 
FCHS, edificio 1, sala 2.24
8005-139 Faro, Portugal

secretaria.ualg  ciac.pt 
www.ciac.pt

-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.virose.pt/pipermail/arena_lists.virose.pt/attachments/20150918/e2758611/attachment.html>


Mais informações acerca da lista ARENA