[ARENA] CCC _ COLLECTING COLLECTIONS AND CONCEPTS _ convite inauguração _ 10 Março ( Sábado ) _ 22:00h _ opening _ ARENA

JOAO LOURO mr.blond mail.telepac.pt
Domingo, 11 de Março de 2012 - 23:30:55 WET


Enquanto se brinca nas garagens, cada um faça o que quiser. Depois disso...
Bem... Está explicado na ultima linha... À MULHER DE CESAR NÃO BASTA
PARECER, TEM QUE SER.



On 12/03/11 22:24, "rroque  renatoroque.com" <rroque  renatoroque.com> wrote:

>    Confesso que não compreendo o problema da acumulação de papéis por si. A
> menos que haja outras coisas que não vi serem mencionadas. Por que razão uma
> pessoa não pode ser artista e curador? Tal como pode ser arquitecto e
> construtor, ou médico e dono de uma clínica. Aliás isso muitas vezes aconteceu
> nas colectivas. Havia um responsável do lado do grupo de artistas. Não tinha
> era este titulo que agora se tornou pomposo. O curador, de acordo com o nome,
> deve curar da obra e do processo de exposição. Contacta as entidades,
> distribui o espaço, coordena divulgação, etc. O problema é outro e passa pela
> ambiguidade, para não lhe chamar outra coisa, do papel de curador na chamada
> arte contemporânea (aliás agora até é mais fino chamar-lhe curator). Como diz
> a Alice a ligação da arte ao sector financeiro especulativo ou o bluff que
> existe em tantos projectos artísticos são muito mais preocupantes.
>  
>  
>  On 3/11/2012 5:55 PM, JOAO LOURO wrote:
>>  Re: [ARENA] CCC _ COLLECTING COLLECTIONS AND CONCEPTS _ convite inauguração
>> _ 10 Março ( Sábado ) _ 22:00h _ opening _ ARENA
>>  Adoro quando se fala das nuances do “abusivo”...mais abusivo, menos abusivo.
>> Um dá cadeia, outro pena suspensa. É muito bom quando se categoriza o abusivo
>> em arte. A outra questão é o das “encomendas”. Recordo à Alice que as
>> encomendas em arte existem há muito tempo... Recordo a titulo de exemplo o
>> Miguel Angelo? Capela Sistina? Vá... Uma moedinha para quem adivinhar se foi
>> ou não uma encomenda. E em caso afirmativo quem encomendou. Vá! Não se
>> acanhem... E o que ficou? Quem não viu ainda levante o dedo. E houve alguma
>> coisa comprometida? Vá... Todos a responder.
>>  Quanto à acumulação de tarefas... É para o tristonho. Especialmente para o
>> próprio que se escolheu a si. E sabem porque? Em primeiro lugar porque
>> parece, quando este genero de coisas acontecem em arte, é que ninguém convida
>> o artista/comissário para nada e tem que ser o comissário/artista a
>> convidar-se. E depois claro... Estou a ver a conversa: CA: e pá quanto é que
>> precisas para fazeres uma obra, ou para emprestares uma obra... AC: E pá!
>> Preciso de X... CA: Houve lá... Só isso? Vá... Hoje estou mãos largas, podes
>> pedir! AC: x+y. CA: Ok. Tem esta parte gira, quando começam a falar consigo
>> próprios.   
>>  
>>  
>>  On 12/03/10 18:22, "Alice Geirinhas" <alice_g  sapo.pt> wrote:
>>  
>>   
>>> Carlos Vidal, João Louro e Fuck Nato,
>>>  
>>>  Não concordo. Há situações muito mais abusivas e extratosféricas ( fuck
>>> escusas de ir ao dicionário, não vem lá explicações de trocadilhos ou de
>>> associações, neste caso podes pensar em Messi ou Mexia) de abuso do dinheiro
>>> público. A ligação da arte ao sector financeiro especulativo preocupa-me
>>> mais do que uma acumulação de identidades.
>>>  
>>>  
>>>  On 10/03/2012, at 17:40, Alice Geirinhas wrote:
>>>  
>>>   
>>>> Vidal,
>>>>  
>>>>  O L não foi esquecido. Foi intencional.
>>>>  
>>>>  On 09/03/2012, at 14:01, Carlos Vidal wrote:
>>>>  
>>>>   
>>>>> João,
>>>>>   
>>>>>  Eu creio que a Alice escreveu que os $$$ estão cada vez mais "PÚBICOS". É
>>>>> isso que lá está, não sei se a Alice se "esqueceu" do L.
>>>>>  "Púbicos" está certo, porque nos diz que a coisa está cada vez mais
>>>>> reservada, ocultada, escondida.
>>>>>  Seria um trocadilho perfeito.
>>>>>   
>>>>>  Por razões várias, o artista-comissário em questão deveria sair da
>>>>> exposição, auto-excluir-se in extremis - ainda vai a tempo e daria prova
>>>>> de dignidade.
>>>>>  De qualquer forma, não creio que a coisa fique como exposição para a
>>>>> história.
>>>>>   
>>>>>  Abraço
>>>>>   
>>>>>  Vidal
>>>>>   
>>>>>> ----- Original Message -----
>>>>>>  From: JOAO LOURO <mailto:mr.blond  mail.telepac.pt>
>>>>>>  To: arte ‹ teoria ‹ prática <mailto:arena  lists.virose.pt>
>>>>>>  Sent: Friday, March 09, 2012 11:24 AM
>>>>>>  Subject: Re: [ARENA] CCC _ COLLECTING COLLECTIONS AND CONCEPTS _ convite
>>>>>> inauguração _ 10 Março ( Sábado ) _ 22:00h _ opening _ ARENA
>>>>>>  
>>>>>>  Os dinheiros estão cada vez mais publicos e as acções dos que usam os
>>>>>> dinheiros públicos também.
>>>>>>  
>>>>>>  
>>>>>>  On 12/03/09 10:14, "Alice Geirinhas" <alice_g  sapo.pt> wrote:
>>>>>>  
>>>>>>   
>>>>>>> João;
>>>>>>>  
>>>>>>>   os dinheiros estão é cada vez mais púbicos....
>>>>>>>  
>>>>>>>  On 08/03/2012, at 16:16, rroque  renatoroque.com wrote:
>>>>>>>  
>>>>>>>   
   
  Tudo isto é o resultado da ambiguidade (propositada?) em torno do papel de
curador.
  
  Renato Roque
  
 On 3/5/2012 10:28 PM, JOAO LOURO wrote:
  
Re: [ARENA] CCC _ COLLECTING COLLECTIONS AND CONCEPTS _ convite inauguração
_ 10 Março (Sábado) _ 22:00h _ opening _ ARENA Há uma coisa que não percebo
há muito tempo: como é que um comissário convida um artista, que por sinal é
a mesma pessoa? Ninguém acha isto estranho? Seja na politica, na arte, nos
negocios... Alguém tem o descernimento para explicar este fenómeno que
decorre há muito tempo e nada se diz? E é tanto mais grave, quando os
dinheiros são píúblicos.
  
  Joao Louro/ Artista
  
  
  On 12/03/05 17:52, "paulo mendes" <paulomendes21  gmail.com
<x-msg://144/paulomendes21@gmail.com>  <x-msg://90/paulomendes21@gmail.com
<x-msg://90/paulomendes21@gmail.com> > > wrote:
  
   
 
 
>>>>>>>  
>>>>>>  
>>>>>  
>>>>  
>>>  
>>  
>>   [Collecting Collections and Concepts,
>>   uma viagem iconoclasta por coleções de coisas em forma de assim]
>>   
>>  
>>  www.cccguimaraes2012.com <http://cccguimaraes2012.com/>
>>  <http://cccguimaraes2012.com <http://cccguimaraes2012.com/> >
>>  <http://cccguimaraes2012.com <http://cccguimaraes2012.com/>
>> <http://cccguimaraes2012.com/> >
>>   
>>  
>>  um projecto de Paulo Mendes
>>   para a Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012
>>   
>>  
>>  
>>  INAUGURAÇÃO > dia 10 de Março (Sábado) _ 22:00h _ Fábrica Asa, Guimarães
>>   
>>  Fábrica Asa _ situada na Estrada Nacional 105,
>>   junto à estação ferroviária de Covas, Guimarães
>>   
>>  
>>  
>>  
>>  
>>  CCC _ programa da INAUGURAÇÃO _ OPENING program
>>   22.00h_ Abertura oficial
>>   22.05h_22.25h _MIGUEL LUCAS MENDES _ concerto
>>   22.30h_22.40h _ MAILE COLBERT _ vídeo
>>   22.45h_23.15h _ A KILLS B _ performance
>>   23.20h_23.50h _MARÇAL DOS CAMPOS _ concerto
>>   00.00h_01.30h _JONNY TRUNK _ DJ Set
>>   
>>  
>>  
>>   Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura tem o prazer de convidar V. Ex.ª
>> para a inauguração da exposição Collecting Collections and Concepts, que terá
>> lugar no dia 10 de março de 2012, às 22:00h, na Fábrica ASA, Setor G, piso 0,
>> Guimarães.
>>   Esta exposição tem comissariado de Paulo Mendes e inscreve-se no ciclo
>> “Modos de Produção”, do programa Arte e Arquitetura de Guimarães 2012 Capital
>> Europeia da Cultura.
>>   O Presidente da Fundação Cidade de Guimarães
>>   João Serra
>>    
>>    
>>   Guimarães 2012 European Capital of Culture is pleased to invite you for the
>> opening of the exhibition Collecting Collections and Conceptson march the
>> 10th, at 10:00PM, at ASA Factory, Sector G, main floor, in Guimarães.
>>   This exhibition is curated by Paulo Mendes and is part of the cycle “Modes
>> of Prodution”, Art and Architecture Programme, Guimarães 2012.
>>   The President of the Fundação Cidade de Guimarães
>>   João Serra
>>   
>>   
>> +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
>>   
>>   
>>   
>>   para o projecto CCC / Collecting Collections and Concepts foi desenvolvido
>> um processo de recolecção de obras e convidados directamente a participar e a
>> produzir novos trabalhos >
>>   
>>  
>>   André Alves (pt), António Caramelo (pt),  António Rego (pt), Arlindo Silva
>> (pt), Chen Chien-Jen (tw), Cristina Mateus (pt), Eduardo Matos (pt), Fernando
>> Brízio (pt), Fernando José Pereira (pt), Harun Farocki (de), Hugo Canoilas
>> (pt), Jack Strange (uk), João César Monteiro (pt), João Marçal (pt), João
>> Maria Gusmão + Pedro Paiva (pt), João Tabarra (pt), Luís Ribeiro (pt), Luiza
>> Baldan (br), Mafalda Santos (pt), Manuel Santos Maia (pt), Miguel Leal (pt),
>> Miguel Palma (pt), Nuno Ramalho (pt), Nuno Sousa Vieira (pt), Paulo Catrica
>> (pt), Paulo Mendes (pt), Pedro Cabral Santo (pt), Pedro Infante (pt), Pierre
>> Candide (fr), Rita Castro Neves (pt), Rui Manuel Vieira (pt), Vanessa Billy
>> (uk)
>>   
>>  
>>  Projectos Especiais _ inauguração >
>>   
>>  A kills B (pt),Jonny Trunk (uk), Maile Colbert (pt), Marçal dos Campos (pt),
>>   Miguel Lucas Mendes (pt)
>>   
>>  +
>>   
>>  Mariana Pestana (pt) com o projecto Copos de Coleção > copos desenhados por
>> Filipe Alarcão, Tiago Almeida, Rita Botelho, Gonçalo Campos, Daniel Caramelo,
>> Catarina Carreiras, Mafalda Fernandes, Manamana, Hugo Passos, The Home
>> Project, Marco Sousa Santos, Paulo Sellmayer e Ricardo Vilas-Boas.
>>   
>>  
>>  
>>  Projectos Especiais _ espaço público >
>>   
>>   P28 _ Contentores (pt)
>>   
>>  
>>  
>>  Projectos Especiais _ edições >
>>   
>>   Almanaque porSebastião Rodrigues(pt), Acme NoveltyLibrary por Chris Ware
>> (usa), Old News por artistas internacionais convidados (dnk), Permanent Food,
>> Charley e Toilet Paperpor Maurizio Cattelan (it),Paulo de Cantos (pt),Point
>> d'ironie(fr) por artistas internacionais convidados e ainda outras edições e
>> múltiplos.
>>   
>>   
>>   Obras de arte contemporânea das seguintes colecções >
>>   
>>   BesArt – Banco Espírito Santo, Caixa Geral de Depósitos, Fundação EDP,
>> Fundação de Serralves, Museu do Chiado, Museu do Neo-Realismo
>>   
>>  
>>  
>>  e ainda a colaboração dos seguinte museus >
>>   
>>  Museu de História Natural da U.P., Museu Nacional da Imprensa, Museu de
>> Polícia Judiciária
>>   
>>  
>>  
>>  +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
>>   
>>  [ apresentação do projecto CCC ]
>>   
>>  
>>   
>>   [Collecting Collections and Concepts,
>>   uma viagem iconoclasta por coleções de coisas em forma de assim]
>>   
>>  
>>  
>>   
>>  
>>  “What we professional liars hope to serve is truth.
>>   I'm afraid the pompous word for that is "art".”
>>   Orson Welles, F for Fake
>>   
>>  
>>  O projecto Collecting Collections and Conceptstem como ponto de partida a
>> ideia de colecção, termo operativo para definir um conjunto de objectos,
>> obras, que reunidos constituem as designadas colecções. A formalização desta
>> ideia num projecto expositivo passa então pela utilização de obras que
>> integram algumas das colecções institucionais públicas e privadas portuguesas
>> como a Fundação de Serralves, a Caixa Geral de Depósitos, a colecção de
>> fotografia BesArt/Banco Espírito Santo, a colecção do Museu do Chiado, a
>> colecção da Fundação EDP, a colecção do Museu do Neo-Realismo e outras.
>>   
>>  Co-habitando com as obras recolhidas nas colecções existentes estará um
>> importante conjunto de novas obras produzidas por artistas portugueses e
>> internacionais para esta exposição.
>>   
>>   
>>   
>>  Com inauguração a 10 Março de 2012, a exposição terá lugar num antigo espaço
>> industrial, a fábrica têxtil Asa. A zona ocupada por este projecto tem
>> aproximadamente 2500 m2, numa estrutura industrial reabilitada, que irá
>> receber várias outras exposições e eventos da programação da Capital Europeia
>> da Cultura.
>>   
>>  
>>  A arquitectura do espaço será adaptada pela produção deste projecto e com a
>> colaboração das estruturas associadas à gestão da CEC Guimarães 2012, de
>> forma a receber este projecto expositivo, que se desenrolará em vários
>> departamentos articulados por temáticas associadas aos conceitos
>> referenciados no título do projecto _collecting _ collections _ concepts. A
>> narrativa expositiva vai questionar os modos de exposição mais tradicionais,
>> esquivando-se à especialização museológica e aproximando este projecto do
>> cabinet d’amateur, criando uma desconcertante articulação conceptual
>> subjacente ao acto de coleccionar, acumular e arquivar objectos e obras de
>> arte.
>>   
>>  
>>  As obras “apropriadas” das colecções funcionam em diálogo com os novos
>> trabalhos produzidos. Este conjunto extenso de obras eruditas coexiste com
>> colecções amadoras e seus objectos dessacralizados, exemplares da produção
>> massificada, industrial e pós-fordista.
>>   
>>  
>>  Nestas ruinas reactivadas vai ser instalado um dispositivo expositivo que
>> utiliza materiais de construção civil estandardizados e precários, mantendo
>> as características de um espaço com memória e passado industrial. Os
>> materiais serão low tech correspondendo a uma exposição low budget.
>>   Concretizando esta posição não se vai apagar a presença da antiga estrutura
>> fabril, razão pela qual certas características foram conservadas e certos
>> equipamentos e objectos estão presentes na montagem final da exposição,
>> gerando espaços de ressonância com a questão laboral, fabricação, manufactura
>> e distribuição. A memória individual intercepta-se com a memória colectiva.
>>   O display da exposição vai funcionar de forma orgânica, através de uma rede
>> organizacional tentacular, que vai sendo distribuída ao longo do espaço de
>> exposição, ocupando uma área expositiva com múltiplos núcleos temáticos.
>>   
>>  A entrada na exposição vai acontecer de forma confrontacional com um
>> trabalho de Harun Farocki, “Workers Leaving the Factory”, onde se reclama a
>> reencenação da imagem iniciática do filme dos  irmãos Lumière. Numa sucessão
>> de excertos de filmes apresenta-nos operários a abandonarem as fábricas, no
>> sentido literal (fim de um dia de trabalho) e simbólico (fecho das unidades
>> fabris). 
>>   Simultaneamente, os visitantes vão entrar num reconvertido espaço, agora
>> cultural, que visitam durante o seu tempo de lazer.
>>   A exposição será acompanhada por um catálogo / livro que não só registará o
>> trabalho expositivo apresentado, como também terá uma importante componente
>> de textos redigidos por especialistas de diversas áreas – sociologia,
>> antropologia, galeristas e coleccionadores de arte, que irão contribuir com
>> depoimentos sobre esta temática. Este livro deverá constituir-se como uma
>> enciclopédia visual e escrita tendo como base de trabalho uma ideia expandida
>> de colecção.
>>   
>>  
>>  “I did promise that for one hour, I'd tell you only the truth. That hour,
>> ladies and gentlemen, is over. For the past seventeen minutes, I've been
>> lying my head off.”
>>   Orson Welles, F for Fake
>>   
>>  
>>  
>> ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
>>   
>>  
>>  
>>  [Collecting Collections and Concepts,
>>   uma viagem iconoclasta por coleções de coisas em forma de assim]
>>   
>>  Fábrica Asa
>>   
>>  Fábrica Asa _ situada na Estrada Nacional 105,
>>   junto à estação ferroviária de Covas, Guimarães
>>   Horário _ todos os dias das 10:00H ás 22:00H. Encerrado à Terça.
>>   +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
>>  
>>  llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
>> llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
>>   www.paulomendes.org <http://www.paulomendes.org>
>> <http://www.paulomendes.org/>  <http://www.paulomendes.org/>
>>  <http://www.paulomendes.org <http://www.paulomendes.org/>
>> <http://www.paulomendes.org/> >
>>   
>>  [artist _ curator > producing contemporary projects and critical thinking]
>>   
>>  www.youtube.com/user/paulomendesvideo
>> <http://www.youtube.com/user/paulomendesvideo>
>> <http://www.youtube.com/user/paulomendesvideo>
>>  <http://www.youtube.com/user/paulomendesvideo>
>>  <http://www.youtube.com/user/paulomendesvideo>
>>   paulomendes  paulomendes.org <x-msg://144/paulomendes@paulomendes.org>
>>  <x-msg://90/paulomendes@paulomendes.org
>> <x-msg://90/paulomendes@paulomendes.org> >
>>   paulomendes21  gmail.com <x-msg://144/paulomendes21@gmail.com>
>>  <x-msg://90/paulomendes21@gmail.com <x-msg://90/paulomendes21@gmail.com> >
>>   <+351> 936396964
>>   Rua do Heroísmo 13
>>   4300-258 PORTO
>>   PORTUGAL
>>  
>>  llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
>> llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
>>   
>>   
>>  
>> 
>> _______________________________________________
>>   ARENA mailing list
>>   ARENA  lists.virose.pt <x-msg://144/ARENA@lists.virose.pt>
>>  <x-msg://90/ARENA@lists.virose.pt <x-msg://90/ARENA@lists.virose.pt> >
>>   http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
>>   
>>   
>>>  
>>>>  
>>>>>  
>>>>>>  
>>>>>>>  
 

   
  
 _______________________________________________
 ARENA mailing list
 ARENA  lists.virose.pt <x-msg://144/ARENA@lists.virose.pt>
 http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
  
 
 
  
 
>>>>>>>  
>>>>>>  
>>>>>>  
>>>>>> 
>>>>>> 
>>>>>>  _______________________________________________
>>>>>>  ARENA mailing list
>>>>>>  ARENA  lists.virose.pt
>>>>>>  http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
>>>>>>  
>>>>>  _______________________________________________
>>>>>  ARENA mailing list
>>>>>  ARENA  lists.virose.pt
>>>>>  http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
>>>>>  
>>>>  
>>>>  
>>>  
>>>  
>>>  
>>> 
>>> _______________________________________________
>>>  ARENA mailing list
>>>  ARENA  lists.virose.pt
>>>  http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
>>>  
>>  
>>   
>>  
>> _______________________________________________
>> ARENA mailing list
>> ARENA  lists.virose.pt
>> http://lists.virose.pt/mailman/listinfo/arena_lists.virose.pt
>>  
>  
>  

-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.virose.pt/pipermail/arena_lists.virose.pt/attachments/20120311/5c98f67d/attachment-0001.html>


Mais informações acerca da lista ARENA