[ARENA] CONVITE | ART EDIFÍCIO EM NOVEMBRO

Transboavista transboavista.vpf.art gmail.com
Quarta-Feira, 9 de Novembro de 2011 - 17:48:38 WET



O Transboavista Art Edifício apresenta quatro novas exposições no dia
24 de Novembro às 22:00

PLATAFORMA REVÓLVER.PISO1

SUBTLE CONSTRUCTION 

Curadoria: Marta Jecú

Carlos Bunga, Hironari Kubota, Matias Machado, Cristian Rusu, Sancho
Silva, Yukihiro Taguchi e Sinta Werner

A exposição Subtle Construction tem como objectivo explorar as
potencialidades do espaço construído, da construção na sua forma
minimal. Esta exposição representa uma tentativa de investigar a
arquitectura transformável. Terá em consideração as qualidades
flexíveis, performativas e generativas da arquitectura. O projecto
parte do entendimento que a arquitectura que não está ligada a um
certo aparelho de mediação ou forma visual. É concentrado na
arquitectura efémera e em formas transitórias dos processos de
construção. 

Os artistas envolvidos trabalham com o espaço, a ausência,
temporalidades sobrepostas e configurações espaciais, numa
pluralidade de meios, tais como o desenho, a instalação, a
performance e a animação de objectos. Os trabalhos estão ligados ao
espaço vazio, à ausência de acção e narração, o outro lado da
visibilidade. Tornam assim possível a experiência de uma dimensão
virtual dos seus ambientes, trazendo à consciência potencialidades
não manifestadas de locais, situações e objectos. Estes tornam-se
actuais, experimentáveis, através do complexo processo de construção,
no qual o artista actua, documenta e reencena.

Subtle Construction propõe uma investigação sobre as possibilidades
contemporâneas da realização do virtual, a qual não depende de meios
digitais, mas que acarreta a consciencialização filosófica da era
digital. As construções resultam de processos que sobrepõem espaços e
varias temporalidades com modos básicos e extremamente minimais de
lidar com o espaço e o objecto. Todos os trabalhos têm em comum a
preocupação com a representação analítica do espaço e uma abordagem
do quotidiano que está próxima dos receptores e interage com estes
processualmente. A performatividade, pela sua afirmação natural e
forma de expressão de situações e ambientes é entendida como activa,
trazendo movimento ao espaço e gerando um processo de transformação.
As obras são mediações da presença histórica, padrões de
representação, de teatralidade, trazendo um registo de intensidade na
arquitectura. 

É parte integrante da exposição Subtle Construction a escultura
performativa de Hironari Kubota, The spinning idol ~ CK³ó
Senjyu-Kannon. A performance será realizada no dia 15 e 19 de
Novembro e a peça continuará em exposição até dia 31 de Dezembro no
Jardim das Oliveiras, no CCB, com o apoio do Museu Colecção Berardo.

Subtle Construction conta também com um livro teórico dedicado ao
virtual e ao imaginário na arquitectura, com as contribuições de Luis
Santiago Baptista, Sancho Silva, Manuel Aires Mateus, Carlos Bunga,
João Silvério, Pedro Gadanho, Sinta Werner, Dana Bentia, Matias
Machado, Garrett Ricciardi e Julian Rose, Yukihiro Taguchi, Cristian
Rusu, Hironari Kubota. 

Apoios: Japan Foundation, Câmara de Lisboa, Romanian Cultural
Institute, Goethe Institute, Gamut, Largo Residências, Plastimar,
Museu Colecção Berardo, Turismo de Lisboa, Embaixada da Argentina,
Plataforma Revólver, Sobreira & Serras, Arta.


__________________________________________________________________________________

PLATAFORMA REVÓLVER.PISO2

URBSCAPES: Espaços de hibridação 

Curadoria: Alicia Ventura 

Bleda y Rosa, Gerardo Custance, Rafael Liaño, Anna Malagrida, Mireya
Masó, Jose María Mellado, Eduardo Nave, Ángel Marcos, Jesús Rivera,
Adrian Tyler e Jorge Yeregui

A paisagem submete-se à arquitetura. O homem, como animal urbano,
apropria-se da natureza, impondo-lhe formas, estruturas, movimento,
som. Uma ponte, uma estrada, um edifício, um jardim, circuitos,
chegando ao paradigma final que é a própria cidade.

 A cultura muda, mudam os meios técnicos, as relações com as formas
físicas do território adequando-se à necessidade e interesse dos
homens em cada momento. Com efeito, por um lado, de estar no espaço
fisicamente construído e das necessidades biológicas universais.
Talvez isto seja o que precisamos reconhecer como condições básicas
primárias para escutar a paisagem.

A chegada da fotografia e a sua utilização como linguagem artística e
profissional serviu, entre outras muitas coisas, para alterar
definitivamente a ideia de género da paisagem. Se na pintura clássica
o género reflete tímida e escassamente a criação e evolução da cidade,
a fotografia encargar-se-á de reclamar esse modelo de mudança,
diferente. A cor, a ideia canónica de beleza ver-se-á assim alterada
pela chegada de uma grande variedade de conceitos estéticos nos quais
o ressurgir da arquitetura será um elemento chave. O branco e preto e
os cinzentos, as luzes e as sombras, a ausência de pessoas, o
protagonismo dos edifícios civis, a ideia de paisagem como linha de
edifícios& Hoje em dia é a fotografia a que evolui e explora um
género que já é uma ideia: a paisagem.

Urbscapes: Espaços de Hibridização, mostrará a obra de diferentes
artistas fotógrafos cujos trabalhos estão relacionados com a paisagem
e a arquitetura partindo de uma visão linear do tempo, onde coexistem
o natural e o edificado. A exposição analisa as intenções e
intervenções que se foram sucedendo na paisagem nas distintas escalas
do território, sem esquecer as propostas líricas que saboreiam o aroma
da paisagem com outros parâmetros.

Representações da destruição da paisagem e sua própria
desnaturalização, a marca da transformação urbana dos bairros, uma
cidade fantasma capaz de conservar uma última presença das vidas e
das histórias, mesmo antes da sua definitiva desaparição. Lugares
míticos que construíram a nossa história e que agora se presentam
como aprazíveis campos de cultivo ou desertos rochosos. Reflexões
sobre o mutismo e a mutilação que parte da vulnerável relação vital
entre o homem e o seu ambiente natural. Retratos da ausência de vida
como um chamar de atenção e cuidado face ao ecossistema. Melancolia
face à velocidade que caracteriza a sociedade atual. A colisão entre
a paisagem urbana e a rural. A reconstrução do ambiente urbano e a
Natureza como paisagem. A presença natural nas cidades. A divulgação
do pensamento sustentável e da proliferação de discursos respeitosos
com o medio ambiente. A dominação da natureza selvagem sobre o
abandono e o devir histórico. É a presença visível da mudança.

Co-organização: Universitat Politècnica de València

No âmbito MOSTRA ESPAÑA 2011


__________________________________________________________________________________

PLATAFORMA REVÓLVER.PISO3

PANÓPTICO

Curadoria: Pedro Cabral Santo

Ariel Pinheiro, Patrícia Guimarães, Ana Sofia Martins, Miguel Faro,
Ana Viotti, Sibila Lind, Tiago Gonçalves, Carlos Amaral, Carolina
Ferreira, Catarina Ruas, Darsy Fernandes, Nikita Novitsky, Inês
Ferreira, Sofia Caldeira, Carolina Soares e Maja-Escher

Exposição de finalistas de Arte e Multimédia da FBA-UL 


__________________________________________________________________________________

PLATAFORMA REVÓLVER PROJECT.Sala 2

RÁDIO EUROPA LIVRE

Curadoria: João Fonte Santa

João Fonte Santa, Margarida Dias Coelho, Maria do Rosário Maia,
Susana Gaudêncio 

Vim aqui para mascar pastilha elástica e partir tudo& e as minhas
pastilhas acabaram.*

RADIO EUROPA LIVRE é uma exposição de artes plásticas, e resulta de
um choque frontal em linha de alta velocidade de via única entre a
Queda do Muro e a Primavera Árabe.

RADIO EUROPA LIVRE acredita na compaixão generosa e espontânea;na
solidariedade baseada numa ética perigosamente igualitária: pare e dê
boleia a uma família. Jamais fure uma greve, mesmo que a sua família
não tenha dinheiro para pagara renda de casa. Compartilhe seu último
cigarro com um estranho. Roube leite quando não tiver para os seus
filhos e ofereça metade aos filhos do vizinho. Ouça atentamente os
sagazes e serenos que perderam tudo, menos a dignidade. Cultive a
generosidade do nós. O que quero dizer, suponho, é que [&] adoro as
crianças corajosas que estão prontas para enfrentar o próximo inverno
e passar frio nas ruas, bem como seus irmãos e sem abrigo.

Fique atento à verdadeira recompensa: ademocracia económica  o
direito de as pessoas comuns tomarem macrodecisões sobre o
investimento social, taxas de juros, fluxo de capital, criação de
empregos e afins. Se o debate não for sobre o poder económico, ele é
irrelevante!

A pobreza é a pior forma de violência.

A Radio Free Europe/ Radio Liberty é uma estação de rádio e
organização de comunicação fundada pelo Congresso Norte-Americano e
pela C.I.A., durante a guerra fria com o intuito de difundir
propaganda norte americana nos países de influência soviética. Com o
fim do bloco de Leste, a Radio Free Europe passou a orientar a sua
atenção substancialmente para os estados (muçulmanos) do Médio
Oriente e Asia Central.

A RadioFree Europe actualmente está instalada em Praga, na República
Checa.

/ /

/Este texto foi compilado a partir de uma recolha de notícias e
opiniões das agências de notícias e do filme /Eles Vivem /de John
Carpenter/

João Fonte Santa

__________________________________________________________________________________

PLATAFORMA REVÓLVER PROJECT.Sala 5

PROJECTO MAP www.projectomap.net 

Colectivo de Curadores

Projecto Financiado pela Direcção-geral das Artes

__________________________________________________________________________________
 
Para mais informações, contacte Ana Sena ou Patrícia Trindade:

+351 213 433 259 | +351 961 106 590 | transboavista.vpf.art  gmail.com

 <http://transboavista-vpf.net/>
 <http://www.artecapital.net/home.php>

 *

*

Rua da Boavista 84 | 1200-068 Lisboa

De Segunda a Sábado das 14H às 19H

Bus: 60, 74, 94

Eléctrico: 25E

Metro: Cais do Sodré

Parking: Estacionamento pago no Largo de Santos-o-Velho



Para cancelar a subscrição da newsletter visite o seguinte endereço:
http://www.artecapital.net/art_phplist/?p=unsubscribe





-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.virose.pt/pipermail/arena_lists.virose.pt/attachments/20111109/47080beb/attachment.html>


Mais informações acerca da lista ARENA